publicidade
Teletime
   pesquisa avançada

BANDA LARGA
Cadastre-se e receba TELETIME News no seu email 
Idec quer ABR Telecom excluída da disputa pela entidade aferidora da qualidade
quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012, 15h01



publicidade

O Idec encaminhou ofício aos membros do Grupo de Implantação de Processos de Aferição da Qualidade (GIPAQ) e da Comissão de Seleção da Entidade Aferidora da Qualidade para que se manifestem sobre a inadmissibilidade da ABR Telecom no processo de seleção da entidade que medirá a qualidade da banda larga. O ofício foi encaminhado na última quinta, 9, e o Idec pede que a comissão de seleção responda em 5 dias úteis.

De acordo com Veridiana Alimonti, advogada do Idec, a participação da ABR Telecom fere o princípio da neutralidade decisória da Entidade Aferidora, na medida em que a associação é formada pelas próprias empresas que serão fiscalizadas. “As prestadoras não podem exercer domínio sobre a entidade e a ABR Telecom é uma associação de prestadoras. A sua instância máxima, que é a assembléia geral, é formada pelas prestadoras”, afirma ela.

Veridiana ainda observa que as associadas da ABR Telecom, ou operadoras do mesmo grupo empresarial, coincidem com as prestadoras representadas na Comissão de Seleção, o que tornaria tal Comissão impedida de analisar as propostas. Para a ProTeste, a permanência da ABR Telecom no processo seletivo compromete a capacidade decisória da Comissão de Seleção, composta praticamente pelas mesmas empresas que constituem a associação candidata. 

A entidade aferidora será responsável por desenvolver o sistema de medição da qualidade da banda larga que mensurará a velocidade média e mínima das conexões. As prestadoras que não atingirem os patamares definidos pela Anatel estão sujeitas a multas.

Além da ABR Telecom, participam da concorrência o NIC.Br, PwC - PricewaterhouseCoopers Corporate Finance Recovery Ltda. e ISPM - Serviço de Informática. A escolha do vencedor deverá ocorrer no dia 29. Acesse o pedido do Idec aqui ou na homepage do TELETIME.

Helton Posseti
|   Imprimir   |   Enviar por e-mail   |   (2) Comentários  
OUTROS DESTAQUES

sexta-feira, 24 de outubro de 2014
14h22 - ANATEL  Planejamento estratégico deve ser apresentado ao Conselho Diretor em novembro
13h50 - FINANÇAS E MERCADO  América Móvil espera investir cerca de US$ 3 bilhões no Brasil em 2015
14h18 - MERCADO  Integração entre Claro, Embratel e Net será finalizada em 2015
15h13 - ESTRATÉGIA  América Móvil prioriza infraestrutura no Brasil, mas não deve cumprir meta de homes-passed
16h58 - INTERNACIONAL  Processo para se adequar às regras no México é lento para a América Móvil
10h53 - BALANÇO FINANCEIRO  Desempenho brasileiro não consegue reverter queda nos lucros da América Móvil
17h47 - FINANÇAS E MERCADO  Net Serviços aumenta receitas, mas registra prejuízo líquido
18h07 - BALANÇO FINANCEIRO  Embratel registra prejuízo de R$ 379,5 milhões no terceiro trimestre
15h28 - ANATEL  Conselho consultivo pode ficar sem funcionar a partir de fevereiro
18h34 - TV POR ASSINATURA  Mercado global fechará 2014 com receita de US$ 269 bi e 920 milhões de assinantes
18h45 - BALANÇO FINANCEIRO  Ericsson tem queda no lucro, mas aumento nas vendas no terceiro trimestre
11h04 - BALANÇO FINANCEIRO  Venda de smartphones quase triplica lucro da ZTE no trimestre

quinta-feira, 23 de outubro de 2014
15h52 - REGULAMENTAÇÃO  Empresas insistem, mas bens reversíveis ficam fora dos TACs
17h18 - INTERNET MÓVEL  Corte da conexão móvel quando atingido limite de dados não fere contratos, diz Anatel
16h56 - DIREITO DO CONSUMIDOR  Senacon propõe aos Procons interpretação mais rigorosa do RGC
Conheça as publicações da Converge Comunicações
TELA VIVA NewsPAY-TV NewsTI INSIDE OnlineRevista TELA VIVA
Converge Comunicaes

© Copyright Converge Comunicações. Todos os direitos reservados. A reprodução total ou parcial dos textos, imagens e arquivos deste site por qualquer meio ou forma depende de autorização por escrito da editora. TELETIME é uma propriedade da Converge Comunicações.

(*) Os WEBCASTS e os WHITE PAPERS PATROCINADOS são produtos comerciais, cuja responsabilidade sobre o conteúdo cabe exclusivamente ao patrocinador.

publicidade