publicidade
Teletime
   pesquisa avançada

ESPECTRO
Cadastre-se e receba TELETIME News no seu email 
Atendimento rural será dividido em quatro áreas caso o 450 MHz seja vinculado ao 2,5 GHz
sexta-feira, 27 de abril de 2012, 12h22



publicidade

A Anatel dividiu o País em quatro grandes áreas para o atendimento rural caso a faixa de 450 MHz seja vendida juntamente com os blocos de FDD da faixa de 2,5 GHz. O vencedor da faixa W fica responsável pelos compromissos da área rural da região Norte (o que na divisão da Anatel inclui Maranhão e Tocantins) e Bahia. O vencedor da faixa X fica responsável pelos compromissos do Nordeste (menos Bahia) e interior de São Paulo. O vencedor da V1 fica com Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Espírito Santo. E o vencedor da V2 fica com o Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal.

O superintendente de serviços privados da Anatel, Bruno Ramos, explica que a divisão levou em consideração uma estimativa de investimentos para o atendimento dos compromissos e a quantidade de ERBs e do potencial econômico de cada região. De acordo com as contas da Anatel, as faixas W e X têm cerca de 32% do Capex, enquanto que as faixas V1 e V2 têm cerca de 17%.

O vencedor da faixa de 450 MHz (ou vencedores caso ela seja vendida junto com 2,5 GHz) deverá atender 30% dos municípios da sua área até junho de 2014; 60% até dezembro de 2014; e 100% até dezembro de 2015, cumprindo assim o prazo estabelecido pelo PGMU III para atendimento da área rural de todos os municípios do País.

Foi definido no edital o preço de R$ 0,25 que a concessionária deverá pagar para a vencedora do 450 MHz para o fornecimento de rede para o cumprimento das metas de telefonia fixa do PGMU. Esse preço faz parte da cesta de preços do 450 MHz sobre a qual incidirá os descontos dos interessados em ficar com a faixa. Ganha quem oferecer o maior desconto linear. Caso a faixa não seja vendida, ela será vinculada à de 2,5 GHz e, neste caso, a disputa passa a ser por preço das faixas e os preços da cesta ficam mantidos.

Da Redação
|   Imprimir   |   Enviar por e-mail   |   (0) Comentar  
OUTROS DESTAQUES

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015
14h42 - INTERNET  CGI entende que regulamentação não pode reescrever a lei do Marco Civil da Internet
20h34 - NEUTRALIDADE DE REDE  CGI.br elogia decisão da FCC, mas ressalta que realidade brasileira é bem diferente
20h28 - ACESSOS  Banda larga fixa chega a 24,11 milhões de assinaturas em janeiro
18h00 - OTT  Samsung lança plataforma de video on-demand
18h19 - TV POR ASSINATURA  Echostar mantém interesse no mercado brasileiro
14h54 - TRIBUTAÇÃO  Empresas beneficiadas com desoneração de folha pagarão mais
18h28 - ESTRATÉGIA E NEGÓCIOS  Visa adquire plataforma de pagamentos online TrialPay

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015
16h53 - ESPECTRO  Anatel aprova prorrogação das frequências de 1,8 GHz da TIM e da Oi com base em parecer da AGU
18h27 - SATÉLITES  Nova licitação de satélite deve ocorrer até início de maio
16h26 - INTERNACIONAL  FCC aprova reclassificação da banda larga nos EUA
18h17 - NEUTRALIDADE  Embaixador do Departamento de Estado dos EUA vem ao Brasil explicar regras da FCC
17h09 - MERCADO  Em CPI em Portugal, Zeinal Bava reafirma que não sabia do empréstimo à RioForte
11h57 - SERVIÇOS MÓVEIS  Telefónica lança serviço para atender chamadas por navegador
07h23 - EVENTOS  Prêmio Oi Tela Viva Móvel agora tem categoria para cases de entretenimento

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015
16h46 - BALANÇO FINANCEIRO  Lucro líquido do Grupo Telefónica cai 34,7% em 2014
Conheça as publicações da Converge Comunicações
TELA VIVA NewsPAY-TV NewsTI INSIDE OnlineRevista TELA VIVA
Converge Comunicaes

© Copyright Converge Comunicações. Todos os direitos reservados. A reprodução total ou parcial dos textos, imagens e arquivos deste site por qualquer meio ou forma depende de autorização por escrito da editora. TELETIME é uma propriedade da Converge Comunicações.

(*) Os WEBCASTS e os WHITE PAPERS PATROCINADOS são produtos comerciais, cuja responsabilidade sobre o conteúdo cabe exclusivamente ao patrocinador.

publicidade